Administração Aumentar Diminuir

Conselho de Administração

O conselho de administração da CESP é o órgão de deliberação colegiada, responsável pelo estabelecimento das políticas e diretrizes gerais dos seus negócios, incluindo a estratégia de longo prazo. De acordo com o Estatuto Social da Companhia, seu conselho de administração deve ser composto por no mínimo 3 e no máximo 15 membros, eleitos para mandato de 2 anos, sendo permitida a reeleição. Os membros do conselho de administração permanecerão no exercício de seus cargos até a eleição e posse de seus sucessores.

O conselho de administração da Companhia se reúne, ordinariamente, uma vez por mês e, extraordinariamente, sempre que necessário. As reuniões do seu conselho de administração devem ser realizadas com a presença da maioria de seus membros em exercício e as deliberações são tomadas mediante o voto favorável da maioria dos membros em exercício, sendo que, no caso de empate, caberá ao Presidente do conselho de administração o voto de qualidade.

Os membros do conselho de administração da CESP são eleitos pelos seus acionistas em assembleia geral.

Conselho de Administração
João Carlos de Souza Meirelles Presidente do Conselho de Administração
Aderbal de Arruda Penteado Júnior Conselheiro de Administração (eleito por controlador)
Adriano José Pires Rodrigues Conselheiro de Administração Independente (Eleito por controlador)
Andrea Sandro Calabi Conselheiro de Administração (eleito por controlador)
Clóvis Luiz Chaves Conselheiro de Administração (eleito por controlador)
Fernando Carvalho Braga Conselheiro de Administração Independente (Eleito por controlador)
Mauro Gentile Rodrigues da Cunha Conselheiro de Administração Independente (eleito por preferencialistas)
Mauro Guilherme Jardim Arce Conselheiro de Administração (eleito por controlador)
Ricardo Achilles Conselheiro de Administração (eleito por controlador)
Ricardo Daruiz Borsari Conselheiro de Administração (eleito por controlador)
Paulo Sérgio Cordeiro Novais Conselheiro de Administração Representante dos Empregados

JOÃO CARLOS DE SOUZA MEIRELLES – Engenheiro Civil formado pela POLI – Escola Politécnica da USP em 1958. Exerceu as funções de Coordenador do Fórum da Cadeia Produtiva de Pecuária Bovina do MERCOSUL, de 1994 a 2002; Vice-Presidente do Secretariado Mundial de Carnes IMS – Internacional Meat Secretariat no ano de 2002; Secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, de 1998 a 2002; Secretário de Ciência, Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Turismo do Estado de São Paulo, de 2003-2006, e Assessor Especial de Assuntos Estratégicos – Gabinete do Governador do Estado de São Paulo, de 2013 a 2014. É Secretário de Estado de Energia do Estado de São Paulo desde 01 de janeiro de 2015.

ADERBAL DE ARRUDA PENTEADO JUNIOR – Formado em Engenharia Elétrica pela Escola Pontifício Universidade Católica de São Paulo – EPUSP, em 1970. Professor do Departamento de Engenharia de Energia e Automação Elétrica da Escola Pontifício da USP – PEA EPUSP, desde 1971 até hoje. Professor de cursos de graduação na área de máquinas elétricas e eletromagnetismo, cursos de pós-graduação e extensão universitária nas áreas de Aterramento de Sistemas Elétricos, Simulação de Máquinas de Energia.
Ocupou em 2013 e início de 2014 o cargo de Comissário Chefe do Grupo Técnico e de Concessões da CSPE – Comissão de Serviços Públicos de Energia do Estado de São Paulo.
Foi Nomeado por Decreto em 23 de abril 2004 para o cargo de Comissionário Geral da CSPE, complementando o mandato a partir de 14 de abril de 2008, já com a criação da ARSESP – Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo – como Diretor Presidente, acumulando o cargo de Diretor de Regulação Técnica e Fiscalização dos Serviços de Energia.
Em junho de 2008 teve renovado seu mandato de Diretor de Regulação Técnica e Fiscalização dos Serviços de Energia ARESP, cargo que ocupou até setembro de 2012.
Conselheiro do CREA-SP durante 13 anos, integrando diversas de suas comissões específicas, tendo sido coordenador da Câmara de Engenharia Elétrica.

ADRIANO JOSÉ PIRES RODRIGUES – Diretor-Fundador do Centro Brasileiro de Infra Estrutura (jan/2000 / atual); Professor Adjunto do Programa de Planejamento Energético DA COPPE/UFRJ (1983-2009); Assessor do Diretor Geral da Agência Nacional do Petróleo (2001); Superintendente de Abastecimento da Agência Nacional do Petróleo (dez 1998 / ago 1999); Superintendente de Importação e Exportação de Petróleo, seus Derivados e Gás Natural da Agência Nacional do Petróleo (abr 1998 / nov 1998).

ANDREA SANDRO CALABI – Formado em Economia pela Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (FEA-USP) em 1970. Mestrado em Economia pelo Instituto de Pesquisas Econômicas da Universidade de São Paulo – IPE-USP, realizado em 1972, Master of Arts, em1975, e PhD em Economia pela Universidade da Califórnia, Berkeley, USA, em 1982. Foi Secretário Executivo do Ministério de Planejamento de 1995 a 1996; Presidente do Banco do Brasil S.A. e Presidente do BNDES S.A. de 1999 a 2000; Secretário de Economia e Planejamento do Estado de São Paulo de 2003 a 2005; membro de diversos Conselhos Governamentais e empresariais: COSESP (2001/2006), Banco Nossa Caixa (2004/2007), Cyrela (2005/2010), TIM (2009/2010), Roland Berger (2005/2010), M&G Fibras e Resinas (2006/2010), Notre-Dame Intermédica Group (2007/2009) FIPE (2005/2010), Investe São Paulo (2008/2010). Consultor empresarial pela ACCE Consultoria Empresarial e Participação Ltda. (2005/2010). Desde 03 de janeiro de 2011 é Secretário da Fazenda do Estado de São Paulo.
Presidente do Conselho de Administração da Nossa Caixa Desenvolvimento; Membro do Conselho de Administração da SABESP – Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo; Membro do Conselho Deliberativo da INVESTE – Agência Paulista de promoção de Investimentos e Competitividade; Membro do Conselho de Administração CESP – Companhia Energética de São Paulo; Membro Consultivo do Conselho Superior de Economia da FIESP; Membro do Conselho Consultivo do Instituto do Câncer de São Paulo; Membro do Conselho Curador do Centro Cultural São Paulo; Membro Curador do Conselho da Fundação Faculdade de Medicina – USP; Membro do Conselho Deliberativo do Hospital Albert Einstein; Conselheiro de Administração Certificado pelo IBGC – Instituto Brasileiro de Governança Corporativa.

CLÓVIS LUIZ CHAVES – Formado em Ciências Físicas e Biológicas com Especialização em Geologia Ambiental pela UNESP de São José do Rio Preto – são Paulo, em dezembro de 1974 e Formado em Direito pela Faculdade de Direito de São José dos Rio Preto – São Paulo, em dezembro de 1979. Exerceu as funções de Diretor do Instituto Penal Agrícola de São José do Rio Preto, São Paulo, de 1983 a 1990, Assessor do Vice-Governador do Estado de São Paulo, de 1991 a 1994, Assessor Especial da Presidência da Republica, de 1999 a 2001, Assessor Especial do Ministério da Justiça no ano de 2002, Chefe de Gabinete do Deputado Federal Aloysio Nunes Ferreira Filho, de 2003 a 2004 e Subprefeito de São Mateus, São Paulo, de 2005 a 2010. Desde 2011 exerce a função de Diretor de Relações Institucionais da São Paulo Obras.

FERNANDO CARVALHO BRAGA – Formado em Economia pela Universidade Mackenzie em 1974. Exerceu diversos cargos na administração pública do Estado de São Paulo, sendo Secretário Executivo do Conselho Diretor do Programa Estadual de Desestatização (1995/2006), Assessor Especial de Privatizações da Secretaria de Planejamento (1995/2006), Presidente do Conselho do Patrimônio Imobiliário (2002/2006), Assessor Especial do Governador (2002/2006) e Secretário de Economia e Planejamento (2006). Desde 01/01/2007 até a presente data é sócio da Consultoria Itapipoca Ltda. Nos últimos 5 (cinco) anos, exerce continuamente as funções de Conselheiro de Administração da CESP e de Conselheiro Fiscal da Drogasil S.A.

MAURO GENTILE RODRIGUES DA CUNHA – Formado em Economia pela PUC – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro em 1982 e Mestre Internacional em Administração de Empresas pela University of Chicago concluído em 1998. Foi Diretor de Investimentos na Bradesco Templeton Asset Management, de 2001 a 2006, na Franklin Templeton Investimentos (Brasil) Ltda., de 2006 a 2007, e na Maua Investimentos Ltda. (Sócio Senior), 2007 a 2010. Na Opus Investimentos atuou com Gestor, no período de 2010 a 2012.
Participou do Conselho de Administração do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa, na função de Presidente do Conselho de Administração, de 2003 a 2010.

MAURO GUILHERME JARDIM ARCE – Engenheiro Eletricista pela Escola de Engenharia da Universidade Mackenzie, com pós-graduação em Engenharia de Sistemas Elétricos pela PUC-RJ, e Mestre em Power Engineering Rensselaer pelo Polytechnic Institute em Nova Iorque, EUA. Iniciou suas atividades profissionais em 1964 nas Indústrias Villares S.A., como Engenheiro. Em 1967 começou a trabalhar na CESP como Engenheiro Assistente, onde foi galgando postos como chefe de Seção e de Setor, de Gerente de Departamento e, em 1983, de Assistente de Diretoria, até assumir a Diretoria de Geração e Transmissão de 1995 a 1998. Também foi professor da Escola de Engenharia e Faculdade de Tecnologia da Universidade Mackenzie. Em 1998 assumiu a Secretaria de Estado de Energia de São Paulo e, a partir de Janeiro de 2002, passou também a responder pela Secretaria de Recursos Hídricos, Saneamento e Obras do Estado de São Paulo. De Novembro de 2002 a Maio de 2003 também acumulou a presidência da SABESP – Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo. Em junho de 2003 assumiu a Secretaria de Estado de Energia, Recursos Hídricos e Saneamento do Estado de São Paulo, e a partir de Janeiro de 2007 assumiu a Secretaria de Transportes do Estado de São Paulo. Presidiu o Fórum Nacional dos Secretários para Assuntos de Energia e os Conselhos de Administração das Empresas de Energia Elétrica do Estado de São Paulo, da SABESP – Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, da DERSA – Desenvolvimento Rodoviário S.A. e da Companhia Docas de São Sebastião. Em Janeiro de 2011 assumiu o cargo de Presidente da CESP respondendo, cumulativamente, pelas funções das Diretorias de Engenharia e Construção, tendo permanecido nessas funções até abril de 2014. Foi Secretário de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo no período de abril a dezembro de 2014. Retornou ao cargo de Presidente da CESP em 16 de janeiro 2015.

RICARDO ACHILLES – Engenheiro Eletricista. Foi Secretário Adjunto da Secretária de Energia do Estado de São Paulo, foi Superintendente Metropolitano da AES SUL, de 2008 a 2010, sendo responsável pela gestão dos ativos das redes de distribuição na região metropolitana de Porto Alegre. Atua como representante da empresa no relacionamento comercial e técnico perante os clientes; Exerceu, concomitantemente, a função de Safety Champion AES SUL respondendo como Promotor da política de Segurança no Trabalho da Empresa. Na AES ELETROPAULO, entre 2006 e 2007, foi gerente da Gestão e Operação do Sistema de Distribuição Subterrânea e atendimento técnico aos clientes e operação dos sistemas Reticulado, Radial com recurso, Seletivo e Híbrido na área de concessão; como Gerente de Distribuição foi responsável pelos ativos de distribuição e atendimento técnico aos clientes na região Central e Sudeste da cidade de São Paulo; entre 2005 e 2006 foi Líder do Grupo de Gestão da Política de meio ambiente e certificação ISO 14000 na região central; de 2001 a 2003 foi Team Leader tendo sido responsável pela gestão dos ativos de distribuição e atendimento técnico aos clientes na região Sudeste da cidade de São Paulo e Líder do grupo de Segurança no Trabalho e Qualidade Operacional na região; em 2001 foi Gestor de Projetos e atuou na formatação e implantação da Unidade de Serviços de Atendimento tendo participado da criação de uma empresa de prestação de serviços de construção, manutenção e atendimento de emergência a redes de distribuição de energia com enfoque no “Modelo de Excelência em Gestão (MEG)”; em 1999, foi Gerente de Recuperação de Receitas atuando no combate a fraudes, regularização de ligações e outras irregularidades na área noroeste de São Paulo; de 1987 a 2001 foi Gerente, Engenheiro e Técnico tendo atuado como gerente de Distribuição, Gerente de Atendimento de Sistemas e Engenheiro Técnico em Eletrotécnica.

RICARDO DARUIZ BORSARI – Engenheiro Civil pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo – EPUSP – 1997; Mestre em Engenharia Hidráulica e Sanitária pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo – EPUSP -1989; Atividades Didáticas: Professor da Escola de Engenharia Mackenzie ate 1982; Professor da Faculdade de Engenharia da Fundação Armando Alvares Penteado – FAAP até 1984; Professor da Faculdade de Engenharia Elétrica da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC-SP até 2001; Professor da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo – EPUSP – até 2003. Atividades Profissionais: Engenheiro residente do Laboratório de Hidráulica de Jupiá – CTH/DAEE de 01/1978 a 02/1979; Engenheiro Pesquisador do Centro Tecnológico de Hidráulica – CTH/DAEE de 03/1979 a 12/1981; Responsável pela Área de Ensaio de Máquinas Hidráulicas do Centro Tecnológico de Hidráulica – CTH/DAEE de 01/1982 a 12/1983; Coordenador de Projetos da Área de Hidráulica de Barragens do CTH/DAEE de 01/1983 a 08/1994; Responsável pela Gerência de Coordenação de Programas da Fundação Centro Tecnológico de Hidráulica – FCTH de 01/1998 a 07/1992; Diretor Adjunto da Fundação Centro Tecnológico de Hidráulica – FCTH de 08/1990 a 07/1994; Diretor de Operações da Fundação Centro Tecnológico de Hidráulica – FCTH de 08/1993 a 07/1994; Diretor Presidente da Fundação Centro Tecnológico de Hidráulica – FCTH nos períodos de 08/1994 a 08/1995 e de 08/1998 a 08/2000; Diretor do Centro Tecnológico de Hidráulica – CTH/DAEE de 05/2000 a 07/2011; Superintendente do Departamento de Águas e Energia Elétrica – DAEE de 07/2001 a 02/2007; Diretor do Centro Tecnológico de Hidráulica – CTH/DAEE de 07/2008 a 07/2009; Coordenador de Projetos do Programa Água Limpa de 07/2009 a 12/2009; Coordenador da Unidade de Gerenciamento de Obras de Manutenção – UGOM/DAEE de 12/2009 a 08/2010; Diretor de Engenharia e Obras do DAEE – DEO/DAEE de 08/2010 a 10/2011 e Diretor Presidente da Empresa Metropolitana de Águas e Energia – EMAE de 10/2011 a 01/2015; atualmente ocupa a Superintendência do Departamento de Águas e Energia Elétrica – DAEE.

PAULO SÉRGIO CORDEIRO NOVAIS – Bacharel em Direito, FACILUZ, de Ilha Solteira SP, conclusão 12/2011 (Advogado OAB/SP 338.730), e Licenciaturas em Ciências, FECLU, de Pereira Barreto SP, conclusão, 12/1994. Atua na CESP desde 1994 na UHE Engenheiro Souza Dias (Jupiá), tendo exercido a função de Técnico de Meio Ambiente, de 1994 a 2004, e Técnico de Segurança do Trabalho desde 2004.

Diretoria

A diretoria da CESP deve ser composta por 5 membros, acionistas ou não, sendo responsável pela administração dos negócios em geral e a prática de todos os atos necessários ou convenientes, bem como pela execução das deliberações tomadas pelo seu conselho de administração. Os diretores da Companhia têm responsabilidades individuais estabelecidas pelo seu conselho de administração e Estatuto Social, ocupando seus cargos por um mandato de dois anos, permitida a reeleição, devendo permanecer em seus cargos até a eleição e posse de seus sucessores.

As reuniões de diretoria são convocadas pelo Diretor-Presidente ou por solicitação da maioria dos membros da diretoria, sendo que somente serão instaladas com a presença da maioria de seus membros. As deliberações da diretoria da CESP serão tomadas por maioria de votos dos presentes.

Diretoria
Mauro Guilherme Jardim Arce Diretor Presidente
Almir Fernando Martins Diretor Financeiro e de Relações com Investidores
Mituo Hirota Diretor de Geração, respondendo cumulativamente pelas funções de Diretor de Engenharia e Construção
Márcio Rea Diretor Administrativo

MAURO GUILHERME JARDIM ARCE – Engenheiro Eletricista pela Escola de Engenharia da Universidade Mackenzie, com pós-graduação em Engenharia de Sistemas Elétricos pela PUC-RJ, e Mestre em Power Engineering Rensselaer pelo Polytechnic Institute em Nova Iorque, EUA. Iniciou suas atividades profissionais em 1964 nas Indústrias Villares S.A., como Engenheiro. Em 1967 começou a trabalhar na CESP como Engenheiro Assistente, onde foi galgando postos como chefe de Seção e de Setor, de Gerente de Departamento e, em 1983, de Assistente de Diretoria, até assumir a Diretoria de Geração e Transmissão de 1995 a 1998. Também foi professor da Escola de Engenharia e Faculdade de Tecnologia da Universidade Mackenzie. Em 1998 assumiu a Secretaria de Estado de Energia de São Paulo e, a partir de Janeiro de 2002, passou também a responder pela Secretaria de Recursos Hídricos, Saneamento e Obras do Estado de São Paulo. De Novembro de 2002 a Maio de 2003 também acumulou a presidência da SABESP – Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo. Em junho de 2003 assumiu a Secretaria de Estado de Energia, Recursos Hídricos e Saneamento do Estado de São Paulo, e a partir de Janeiro de 2007 assumiu a Secretaria de Transportes do Estado de São Paulo. Presidiu o Fórum Nacional dos Secretários para Assuntos de Energia e os Conselhos de Administração das Empresas de Energia Elétrica do Estado de São Paulo, da SABESP – Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, da DERSA – Desenvolvimento Rodoviário S.A. e da Companhia Docas de São Sebastião. Em Janeiro de 2011 assumiu o cargo de Presidente da CESP respondendo, cumulativamente, pelas funções das Diretorias de Engenharia e Construção, tendo permanecido nessas funções até abril de 2014.
Foi Secretário de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo no período de abril a dezembro de 2014. Retornou ao cargo de Presidente da CESP em 16 de janeiro 2015.

ALMIR FERNANDO MARTINS – Economista, contador, auditor por formação profissional, é empregado de carreira da CESP – Companhia Energética de São Paulo. Entre 1993 e 1994 foi Diretor da Coordenadoria de Controle e Gestão da Secretaria de Energia do Estado de São Paulo. De fevereiro de 1995 a março de 1999 foi Diretor Administrativo e Financeiro da Fundação CESP, fundo de pensão e assistência médica das empresas do setor elétrico paulista. Em 1999 atuou na Assessoria da Presidência da CESP no processo de privatização da Companhia, tendo participado da definição dos editais e do processo de venda da Companhia Metropolitana de Gás – Comgás, Companhia de Geração Elétrica Paranapanema e Companhia de Geração Elétrica Tietê. De janeiro de 2000 a abril de 2010 exerceu as funções de Assistente Executivo da Diretoria Financeira e de Relações com Investidores da CESP, passando a acumular essa mesma função, a partir de 2003, na gestão compartilhada com a EMAE – Empresa Metropolitana de Águas e Energia S.A. De maio de 2010 a janeiro de 2011 foi Diretor Financeiro e de Relações com Investidores da CESP. Desde fevereiro de 2011 atuava como Assistente da Diretoria Financeira e de Relações com Investidores da CESP. Foi eleito Diretor Financeiro e de Relações com Investidores da CESP – Companhia Energética de São Paulo em 10 de dezembro de 2012.

MITUO HIROTA – Engenheiro Elétricista formado pela FEI em 1966, Mestre em Engenharia de Sistemas de Potência pela Rensselaer Polytechnic Institute,Troy ,NY, USA em 1972 e Curso Electric Power Management, patrocinado pela JICA(Japan International Cooperation Agency) no Japão em 1991. Professor da Faculdade de Tecnologia Mackenzie, de 1978 a 1985, e Faculdade de Engenharia FAAP, de 1977 a 1994. Empregado de carreira da CESP, de 1968 a 1994, atuou em funções gerenciais na Diretoria de Operações nas áreas de Proteção e Planejamento da Operação Elétrica. Representou a companhia em diversos órgãos do GCOI – Grupo Coordenador para Operação Interligada. Atuou como Vice-Coordenador do Sub-Comitê de Estudos Elétricos do GCOI de 1980 a 1994. Foi Consultor do Grupo Rede, de 1994 a 2008, nas áreas de Operação, Engenharia, Regulação e Comercialização de Energia. Participou, como representante das Empresas do Grupo, na implantação do Mercado Atacadista de Energia – MAE (atual CCEE – Câmara de Compensação de Energia Elétrica), nos diversos leilões de compra e venda de energia patrocinados pela ANEEL, bem como representou as empresas do Grupo em diversas entidades tais como: ABRADEE, APINE , ABRACEEL, ONS e CCEE. Sua ocupação anterior era na BMG Engenheiros e Associados como consultor na área de engenharia. Eleito Diretor de geração em 31 de janeiro de 2011.

MÁRCIO REA – Administrador de Empresas pela Universidade Ibirapuera, concluído no ano de 2002, e Extensão Universitária em Transmissão de Dados por meio de Fibra Óptica
Compartilhada com Rede Elétrica. Exerceu as funções de Assessor Especial no Ministério da Ciência e Tecnologia, de 1988 a 1989; Chefe de Gabinete na Secretaria do Trabalho e Promoção Social do Estado de São Paulo, de 1990 a 1991; Especialista Técnico, Gestor de Relacionamentos e Assessor da Diretoria Administrativa da CESP – Companhia Energética de São Paulo, de 1992 a 1999; Assessor da Diretoria Administrativa na CTEEP – Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista, de 2000 a 2003; Assessor de Comunicação na Secretaria de Energia e Saneamento do Estado de São Paulo, de 2003 a 2006; Chefe da Assessoria de Comunicação e Relações Públicas na Secretaria dos Transportes do Estado de São Paulo, de 2007 a 2011; Gerente da Coordenadoria Executiva da Presidência na CESP – Companhia Energética de São Paulo, de 2011 a 2014; Secretário Adjunto na Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo, de abril de 2014 a janeiro de 2015.
Foi eleito Diretor Administrativo da CESP em 16 de janeiro de 2015.

Conselho Fiscal

A CESP possui um conselho fiscal instalado em caráter permanente, sendo constituído por cinco membros efetivos e suplentes em igual número, eleitos em Assembleia Geral para mandato de um ano. Um dos membros de seu conselho fiscal e respectivo suplente são eleitos pelos titulares das ações ordinárias minoritários e outro pelos titulares de ações preferenciais.

A principal responsabilidade do conselho fiscal, órgão independente e não relacionado aos auditores independentes indicados pelo conselho de administração, é revisar suas demonstrações financeiras e aconselhar os acionistas a respeito de seu conteúdo.

O conselho fiscal também se reporta aos acionistas em assuntos relacionados ao seu orçamento, mudanças em sua capitalização, distribuição de dividendos e reorganizações societárias. O conselho fiscal é responsável pela supervisão das atividades da administração e por manter os acionistas informados de suas constatações.

CONSELHO FISCAL
Sebastião Eduardo Alves de Castro Efetivo (eleito por controlador)
Keli Regina Della Torre Soler Suplente (eleita por controlador)
Emilia Ticami Efetivo (eleita por controlador)
João Paulo de Jesus Lopes Suplente (eleito por controlador)
Vanildo Rolando Neubauer Efetivo (eleito por controlador)
Sandra Maria Giannella Suplente (eleita por controlador)
Manuel Jeremias Leite Caldas Efetivo (eleito por preferencialistas)
Fernando Cézar Maia Suplente (eleito por preferencialistas)
Amâncio Acúrcio Gouveia Efetivo (eleito por minoritários)
Anna Paula Dorce Armonia Suplente (eleita por minoritários)

Membros Efetivos

SEBASTIÃO EDUARDO ALVES DE CASTRO – Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, conclusão em 1980. Advogado inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil – Secção de São Paulo sob nº. 68.235.
IMESP – Imprensa Oficial do Estado De São Paulo, Assessor Técnico desde Janeiro de 2011, atuando junto ao Gabinete do Secretário da Secretaria de Planejamento e Gestão do Governo do Estado de São Paulo.
CDHU – Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo: Desde 1997 a Janeiro de2007, no cargo de Assessor Executivo.
Empresa de Turismo do Estado de São Paulo – PAULISTUR S/A – Coordenador da Assessoria da Presidência no período de maio de 1987 a janeiro de 1989.
Fomento de Urbanização e melhoria das Estâncias do Estado de São Paulo – FUMEST – Consultor e Assessor da Superintendência para investimentos no turismo e desenvolvimento urbano das Estâncias Climáticas, Hidrominerais, Turísticas e Balneárias do Estado de São Paulo.
Secretaria de Esportes e Turismo do Governo do Estado de São Paulo – SET – No período de março de 1983 a março de 1987 exerceu a função de Assessor de Gabinete.

EMÍLIA TICAMI – Bacharel em Administração Pública pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo – Fundação Getúlio Vargas e Curso de Especialização (CEAG) pela mesma entidade. Atuou na Secretária de Economia e Planejamento do Estado de são Paulo, de julho de 1980 a março 1991, onde exerceu os cargos de Analista e Assessora, nas atividades de elaboração orçamentária empresarial, controle das empresas públicas e análise de investimentos. Na Secretária da Fazenda do Estado de São Paulo, ocupou o cargo de Diretora do Departamento de Finanças do Estado, de abril de 2004 a maio de 2006, e Coordenadora, junho de 2006 a junho de 2010, e desde julho de 2010 exerce a função de Assessora na Coordenação da Administração Financeira da Secretaria. Conselheira Fiscal na Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, de maio de 2010 a abril de 2011, e na São Paulo Previdência – SPPREV, de 2008 a abril de 2011. É Conselheira de Administração da Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo – PRODESP, desde abril de 2011.

VANILDO ROLANDO NEUBAUER – Superior em Ciências Jurídicas, concluído em 1998 pela Faculdade de Direito da Universidade Ibirapuera, PÓS-GRADUAÇÃO EM PROCESSO PENAL concluída em pela Faculdade Metropolitana Unidas – FMU. Atuou no Banco Real S.A., na função de Procurador; no Gurgel Veículos S.A., passou pelas atividades de Recursos Humanos; na CESP Cia Energética de São, de 07/08/1978 a 19/01/2011, foi Chefe de Setor de Pessoal, Gerente de RH e Gerente de Programas de Saúde; na SABESP – Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, desde 1995, desempenha a Função Assessoria Técnica Jurídica da Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos.

MANUEL JEREMIAS LEITE CALDAS – Formado em Engenheiro Eletricista pelo Instituto Militar de Engenharia, Mestre e Doutor em Economia pela Fundação Getúlio Vargas, respectivamente nos anos 1989 e 1990. Atuou no Banco Nacional, de 1991 a 1994, na função de Gerente do Departamento Econômico; no Banco Gulfinvest, de 1994 a 1995, como Diretor de Pesquisa, Mercado de Capitais; e no Banco PEBB, de 1996 a 2006, no cargo de Gerente do Departamento Técnico. Foi Consultor da Alto Capital Gestão de Recursos, Administrador de Fundos registrado na CVM. Economista Chefe da PEBB / Alto Capital junto ao Banco Central, no período de 2007 a 2011. Membro dos Conselhos de Administração da Contax Participações, de 2009 a 2015; e da São Carlos Empreendimentos, de 2011 a 2013.Membro dos Conselhos Fiscais da Cosern, de 2009-2011; e da Eletropaulo, de 2010 a 2012.

AMÂNCIO ACÚRCIO GOUVEIA – Formado Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Santa Úrsula – RJ, em 1985. Trabalhou na KPMG Peat Marwick, entre agosto de 1985 e maio de 1991, iniciando como trainee até a posição de gerente de auditoria, atuando e coordenando trabalhos de auditoria contábil em Instituições Financeiras, Indústrias de Bens de Capital e Consumo e Prestação de Serviços. No UNIBANCO – União de Bancos Brasileiros S.A. foi Gerente de Contabilidade entre junho de 1991 e fevereiro de 1999 (funcionário oriundo do Banco Nacional S.A.), atuando na gestão operacional, financeira e contábil de Empresas Financeiras e Não Financeiras. No BANKBOSTON Banco Múltiplo S.A. foi Superintendente Adjunto entre março de 1999 e abril de 2001, atuando na gestão operacional e contábil da área de Asset Management. Desde abril de 2001, até a data atual, no Grupo Santander Brasil e exerce atualmente, o cargo de Diretor de Contabilidade, atuando na gestão contábil e fiscal de todas as empresas de Grupo Santander no Brasil.

Membros Suplentes

KELI REGINA DELLA TORRE SOLER – Administradora de Empresas, exerceu as funções de Analista e posteriormente de Gerente na Serasa Experian de 1993 a 2012. Foi Coordenadora de Projetos Estratégicos da Presidência na Imprensa Oficial do Estado de SP – IMESP de 2012 a 2015. É atualmente Coordenadora da UDEMO – unidade de Desenvolvimento e Melhoria das Organizações, na Secretaria de Planejamento e Gestão do Governo do Estado de São Paulo. É Conselheira Fiscal da CETESB – período 2016-2016. É membro do Comitê do Portal da Transparência do Governo do Estado de São Paulo.

JOÃO PAULO DE JESUS LOPES – Engenheiro Civil.Foi Secretário Adjunto dos Transportes Metropolitanos e Conselheiro de Administração da Cia. Do Metropolitano de São Paulo de janeiro de 2007 a janeiro de 2011. Presidente e Conselheiro de Administração da EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (cumulando). Atuou como Consultor Empresarial Independente na ShoppingConsult Consultoria de 2000 a 2006. No Grupo CLC – Abril de 1990 a 2000 foi Vice-presidente Corporativo (estatutário) da Holding CLC – Comunicações, Lazer e Cultura S.A. No Badesp – Banco de Desenvolvimento do Estado de São Paulo exerceu diversos cargos de 1974 a 1982, dentre eles o de Analista Sênior de Projetos Industriais, Subchefe da Divisão de Análise e Projetos Industrias e Gerente da Divisão de Projetos Industriais, Comércio e Serviços.

SANDRA MARIA GIANNELLA – Economista, formada pela FAAP – Fundação Armando Álvares Penteado em 1978, e administração de Empresas, formada pela Universidade Mackenzie em 1980. Funcionária publica estatal desde 1978, iniciou atuando como auxiliar de pesquisa na Assessoria Econômica da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo. De 1979 a 1988 integrou a equipe técnica da CIEF – Coordenadoria de Investimentos, Empresas e Fundações da Secretaria de Economia e Planejamento do Estado de São Paulo. De 1989 a 1998 foi nomeada Diretora técnica e de 1999 a 2003 designada coordenadora desta área. Foi Chefe de Gabinete da Secretaria de Economia e Planejamento, de dezembro de 2003 a abril de 2005, e entre abril 2005 a março de 2006 foi coordenadora de administração da mesma Secretaria. De 2006 a dezembro de 2006 compôs a assessoria técnica da CEDC – Coordenadoria de Entidades Descentralizadas e de Contratações Eletrônicas da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo. Atua na Secretaria de Saneamento e Energia, atual Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos, desde janeiro de 2007, foi Chefe de Gabinete até agosto de 2007, Assessora do Gabinete da Secretária e Secretária Executiva dos Conselhos de Administração das Empresas vinculadas à Secretaria.

FERNANDO CÉZAR MAIA – Graduado em Engenharia Elétrica pelo Instituto Militar de Engenharia do Rio de Janeiro em 1980 e Pós-graduado em Engenharia Elétrica pela COPPE/UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1983. Atuou na Eletronorte – Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A., tendo exercido diversos cargo de gerência, de 1985 a 1996. Foi Assessor Especial do Diretor Geral na ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica, de 1996 a 2000; Superintendente de Tarifas na LIGHT – Serviços de Eletricidade S.A., de 2000 a 2003; e Diretor Técnico e Regulatório na ABRADEE – Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica, 2003 a 2010.
Desde novembro de 2012 atua na função de Sócio Diretor da Bench Consultoria e Assessoria em Energia Ltda., bem como desde setembro de 2012 é responsável pela área Regulatória e de Gestão de Energia das distribuidoras do Grupo Rede sob a intervenção administrativa da ANEEL.

ANNA PAULA DORCE ARMONIA – Bacharel em Administração de Empresas pela PUC-Pontifícia Universidade Católica, 1990; Bacharel em Direito pela Universidade Mackenzie em 1991; Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Paulista em 1994; Pós-Graduação em Direito Tributário no Centro de Extensão Universitária, em 1995. Sua experiência profissional de junho de 1990 a maio de 1994, foi na Price Waterhouse S/C Consultores, em São Paulo ocupando o cargo Consultora Sênior. Ingressou na divisão de consultoria tributária da Price Waterhouse como trainee, tendo assumido o cargo de Consultor sênior, em 1992. De junho de 1994 até julho de 2006, atuou no BankBoston Banco Múltiplo S.A., como Superintendente Adjunto. De agosto de 2006 até o presente, atua no Banco Santander Banespa S.A., como Superintendente da área de Planejamento Tributário.

-