6- Por que a CESP utiliza EBITDA? Aumentar Diminuir

O EBITDA (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) tem suas regras definidas pela Instrução CVM nº 527/2012. O EBITDA é definido pela CESP como sendo o lucro líquido (prejuízo) adicionado dos resultados financeiros líquidos, da depreciação e da amortização, do imposto de renda e da contribuição social. O EBITDA é utilizado como uma visão da administração sobre o potencial de geração bruta de caixa pela companhia, ou pelo menos uma aproximação dessa geração e não é uma medida adotada pelas Práticas Contábeis Internacionais, não deve ser considerado como um substituto para o lucro líquido, e nem tampouco como indicador de liquidez.

A administração da CESP acredita que o EBITDA é uma medida prática para aferir seu desempenho operacional e permitir uma comparação com outras companhias do mesmo segmento. Entretanto, ressalte-se que o EBITDA não é uma medida estabelecida de acordo com os princípios contábeis e que pode ser definido e calculado de maneira diversa por outras companhias.

-